sábado, 1 de junho de 2013

O RN tem 43.304 crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil

O Rio Grande do Norte tem 43.304 crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil. A maioria é homem e trabalha no perímetro urbano das cidades. Os números estão no mapa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que trata dos indicadores sobre a situação de pessoas de 10 a 17 anos de idade em relação a trabalho e educação. Os dados foram elaborados com base nos resultados da amostra do Censo Demográfico 2010.
O IBGE acaba de divulgar que no Rn existem ainda 43.304 crianças e adolescentes, entre 10 e 17 anos, exploradas na relação de trabalho infantil. Natal, Mosoró, Parnamirim, Caicó e Macaíba são as cidades, pela ordem, com o maior número de tabalhadores infantis.
Do total de 43 mil trabalhadores infantis no RN, 9.000 estão fora da escola e aproximadamente 28 mil estão na zona urbana, conforme os dados do CENSO 2010.

Dias 3 e 4 de junho haverá em Natal o I Encontro Preparatório do Nordeste para a III Conferencia Global Contra o Trabalho Infantil, que ocorrerá em outubro deste ano, na cidade de Brasília.