sexta-feira, 29 de junho de 2018

ADOLESCENTE DIZ COMO O TRABALHO INFANTIL IMPACTOU NEGATIVAMENTE A SUA VIDA

Emocionante depoimento de uma adolescente que explica o que representou para si o fim do trabalho infantil. Evento JUNHO VERMELHO - DIGA NÃO AO TRABALHO INFANTIL. Auditório do Ministério Público do Trabalho da 21ª Região - 28/6/2018




segunda-feira, 7 de maio de 2018

XVI Seminário de Seguridade Social e Trabalho


O Grupo de Estudos Seguridade Social e Trabalho – GESTO – realizará no dia 18 de maio de 2018 o XVI Seminário de Seguridade Social e Trabalho, com a temática " Trabalho Decente e Democracia ", englobando o último dia do Seminário de Pesquisa do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA).



A finalidade é debater junto à comunidade universitária a atual conjuntura política brasileira e os desafios oferecidos à democracia diante da crescente precarização do trabalho. Além disso, o evento se propõe a refletir sobre as medidas a serem desenvolvidas para promoção do trabalho decente, dos direitos sociais e a emancipação dos seus sujeitos.

A conferência de abertura será realizada pela juíza Laura Benda - presidente da Associação de Juízes para a Democracia (AJD).

O evento também contará com dois painéis sobre trabalho e gênero, mediados por Ana Laura Araújo - integrante da Associação dos Juristas Potiguares pela Democracia e Cidadania (AJPDC) e Paula Lays - pesquisadora do GESTO e acadêmica do curso de direito.

O Seminário ocorrerá no auditório do NEPSA I, na UFRN, a partir das 14h e serão aceitos doações voluntárias de 1 (uma) lata de leite em pó ou 1 (um) pacote de fralda geriátrica que serão destinados ao Lar do Ancião Evangélico (LAE).

As vagas são limitadas e gratuitamente disponíveis via SIGAA/UFRN.

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Edital para seleção de novos membros

A base de pesquisa Direitos Sociais e Contemporaneidade torna público o edital para seleção de novos membros, estando previsto 6 vagas dentre as quais 3 destinam-se ao Grupo de Estudos Seguridade Social e Trabalho (GESTO), 1 destina-se ao Núcleo de Estudos Marxismo, Emancipação e Direito (NEMED), 1 destina-se ao Núcleo de Estudos sobre Assédio Moral (NESAM) e 1 destina-se à assessoria de comunicação.
De acordo com o edital, as inscrições podem ser realizadas até 02.02.2018, devendo o interessado encaminhar um e-mail com assunto “seleção de novos membros” para gtsegtrab@gmail.com anexando currículo e informando para qual vaga deseja concorrer.
No ato da inscrição, o edital prevê ainda que o interessado deve encaminhar obrigatoriamente um projeto de pesquisa, o que é feito para possibilitar a orientação e definição dos trabalhos a serem desenvolvidos no âmbito dos núcleos de pesquisa da base, à exceção da vaga destinada ao assessor de comunicação - que deve enviar tão somente o seu currículo.
O ingresso de novos membros à base deve ocorrer, ademais, na condição de voluntário, “inexistindo previsão para concessão de bolsas ou auxílios para os trabalhos de pesquisa e extensão a serem realizados no âmbito dos núcleos de pesquisa (...)”.
Destaca-se, por último, que o ingresso na base de pesquisa é feito de modo exclusivo, isto é, o interessado não pode estar vinculado a outro grupo de estudos ou atividade de extensão da universidade, à exceção da participação em alguma atividade de estágio, o que foi pensado para evitar o conflito entre os compromissos que serão assumidos perante a base e os relativos a terceiros.
Os participantes do processo seletivo admitidos serão convidados para uma entrevista e o resultado deve ser dado até o final de fevereiro. As atribuições e atividades a serem desempenhadas nos núcleos de pesquisa foram discriminadas, de um modo geral, no edital do processo seletivo.