terça-feira, 2 de dezembro de 2014

AÇÕES REGRESSIVAS ACIDENTÁRIAS AUMENTARAM 144% NOS ÚLTIMOS CINCO ANOS


A Advocacia-Geral da União (AGU) divulgou recentemente por meio de sua assessoria de comunicação que as ações regressivas, para que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) seja ressarcido pelos gastos com benefícios pagos às vítimas de acidentes de trabalho, provocados por negligência das empresas, cresceu 144% nos últimos cinco anos.
Entre 2010 e 2014 foram ajuizadas 2.236 ações de reparação contra empresas que, em razão de sua conduta,  teriam provocado os gastos do INSS com benefícios acidentários. Segundo o informe, a AGU vem obtendo um índice de ganho no percentual de 65% das que já foram julgadas.
Segundo a AGU, nos últimos quatro anos, a autarquia previdenciária conseguiu reaver R$ 8,6 milhões em execuções contra as empresas condenadas em ações regressivas.