segunda-feira, 24 de maio de 2010

Empresa chinesa contratará psicólogos para conter suicídios


A fabricante de eletrônicos Foxconn, de Taiwan, anunciou que vai contratar dois mil profissionais de saúde mental para tentar conter uma onda de suicídios em suas fábricas na China, informou a edição online do jornal de Hong Kong South China Morning Post.
Entre os contratados estarão psicólogos, terapeutas e 50 profissionais de recursos humanos, que receberão salários entre US$ 29 mil e US$ 87 mil por ano. O anúncio foi feito dias após mais um funcionário – o nono desde o início do ano – ter se suicidado, pulando da janela de um edifício.
Houve pelo menos 11 tentativas de suicídio de funcionários neste ano. Dois trabalhadores sobreviveram, apesar de gravemente feridos. No início do mês, a empresa anunciou que pretendia chamar monges para orar pelas almas dos suicidas e para abençoar a companhia.
Prevenção 
A Foxconn – que fabrica o iPhone, da Apple - emprega mais de 700 mil pessoas. Cerca de 300 mil delas trabalham em duas fábricas da empresa nas províncias de Shenzhen e Hebei, na China continental. Seu fundador, Terry Gou, insiste que as fábricas não mantêm trabalhadores em condições ruins, com salários baixos e longas jornadas. A empresa instalou um balcão de recrutamento em uma feira de empregos na cidade de Shenzhen para contratar os dois mil especialistas em saúde mental. Esta é a primeira iniciativa desse tipo desde que a Foxconn instalou suas filiais na região, em 1988.
Além de convocar monges e anunciar o recrutamento de psicólogos, a Foxconn disse também ter criado um sistema para recompensar empregados que ajudem a identificar colegas com problemas mentais e uma linha telefônica dedicada aos trabalhadores.
Investigação 
No ano passado, em um caso que ganhou repercussão mundial, um funcionário da Foxconn se suicidou após ser interrogado sobre o sumiço de um protótipo de uma nova versão do iPhone.
O caso levou a Apple a anunciar uma investigação sobre acusações de más práticas de trabalho na empresa.
Segundo a Apple, a investigação revelou que alguns funcionários da Foxconn estavam cumprindo jornadas mais longas do que a jornada máxima permitida e que cerca de 25% não estavam tendo um dia de descanso por semana.
A ONG americana China Labour Watch, que faz campanha pelos direitos dos trabalhadores, criticou a Foxconn por manter o que considerou ser "uma administração estilo militar e condições de trabalho ruins" e pediu que a empresa "inicie uma análise aprofundada da vida nas suas linhas de produção".

Extraído do site http://tecnologia.uol.com.br/ultimas-noticias - 24/05/2010 - 18h05 

segunda-feira, 17 de maio de 2010

POETA ANTONIO FRANCISCO É HOMENAGEADO DURANTE III SEMINÁRIO DE SEGURIDADE SOCIAL E TRABALHO DA UFRN



A Escola Superior da Magistratura do Trabalho (Esmat 21), em parceria com o Grupo de Estudos Seguridade Social e Trabalho (GESTO), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, promoveu no dia 7 de maio a terceira edição do Seminário de Seguridade Social e Trabalho. O evento trouxe o tema do “Direito, humanidade e cidadania eficaz”, tendo como palco o auditório da Reitoria da UFRN. O seminário serviu ainda para a arrecadação de alimentos, que serão doados a uma entidade filantrópica como parte do projeto social da Amatra 21.
 Como parte da programação do seminário, os alunos e professores presentes testemunharam uma emocionante homenagem feita ao poeta mossoroense Antônio Francisco. Ele foi agraciado com a Estatueta Esmat Cultura 21, premiação que tem por objetivo homenagear artistas em geral que, por sua obra e talento, contribuem para a construção de uma cultura universalista de inclusão social e de promoção do desenvolvimento humano.
 Tendo a literatura de cordel por ofício, Antônio Francisco recitou vários versos de sua autoria, arrancando aplausos da platéia a cada rima. Membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel, tendo assumido a vaga deixada pelo mestre Patativa do Assaré, Antônio Francisco mostrou seu talento tardio (começou a fazer versos apenas aos 46 anos) e o porquê de ter seu trabalho comparado ao de Patativa. Não bastasse sua apresentação, o poeta recebeu uma bonita homenagem do juiz do trabalho e coordenador do GESTO Zéu Palmeira Sobrinho, que entoou versos de louvor à poesia de Antônio Francisco.
 O III Seminário de Seguridade Social e Trabalho contou com a participação do professor da UERN Ailton Siqueira como coordenador da mesa de palestrantes. O presidente da Anamatra Luciano Athayde, que também é membro do GESTO, falou aos presentes da alegria pelo desenvolvimento do grupo de estudos e do exame do direito do trabalho na universidade. Também presente o juiz do trabalho José Dario, da 2ª VT de Mossoró.
 Eles prestigiaram as palestras do professor da UFRN Tassos Lycurgo (“Direito, humanização e trabalho escravo”) e do professor do IFRN Carlos Pereira (“Os direitos sociais e a atuação da fiscalização trabalhista no âmbito da saúde e segurança do trabalho”). O segundo bloco do seminário contou com a participação da juíza do trabalho e professora da Esmat 21 Gláucia Gadelha, com o tema “O acidente do trabalho e atividade de risco”, além do juiz do trabalho Germano Siqueira, presidente da Amatra 7 (Ceará), com o tema “Competência jurisdicional e previdência complementar”.

Extraído do site da
AMATRA21 http://www.amatra21.org.br/eventosdados.asp?CodEvento=27

segunda-feira, 3 de maio de 2010

ESMAT 21 LANÇA EDIÇÃO ELETRÔNICA DA REVISTA COMPLEJUS



A Escola Superior da Magistratura Trabalhista do Rio Grande do Norte (Esmat21) lançou a versão eletrônica da primeira e histórica edição da Revista Complejus. A publicação faz parte do programa de pós-graduação da Esmat e terá o lançamento oficial de sua versão impressa durante a abertura do IV Congresso Internacional de Direito do Trabalho, no dia 26 de maio.

A primeira edição da Revista Complejus, que traz como tema “Direito e Humanização” está disponível no site da Amatra 21. A publicação terá caráter semestral, sendo veiculada na forma impressa e eletrônica. O objetivo é tornar a revista um reconhecido veículo de publicação de trabalhos científicos, inclusive com a certificação QUALIS da CAPES.

Em suas 192 páginas, o primeiro número da Revista Complejus traz nove artigos e quatro trabalhos científicos - entre teses, pesquisas e monografias – além de uma seção cultural e de entrevista. A publicação traz em seu conselho editorial cinco professores doutores: Ailton Siqueira da Fonseca (UERN), Adriana Goulart de Sena (UFMG), Aurea Baroni Ceccato (UFPB), Cláudio Pedrosa (UFPB) e Zéu Palmeira Sobrinho (UFRN).

CONFIRA O CONTEÚDO DA PRIMEIRA REVISTA COMPLEJUS 

ARTIGOS
POR UMA SOCIOLOGIA DOS ACIDENTES DO TRABALHO
Zéu Palmeira Sobrinho

A SUPREMACIA DO DIREITO NATURAL E A PIRÂMIDE NORMATIVA
KELSENIANA
Cláudio Pedrosa Nunes

DIREITOS TRABALHISTAS E DIREITOS SOCIAIS NO CONTEXTO DA
CRISE E REESTRUTURAÇÃO CAPITALISTAS
Carlos Montaño

EL RECONOCIMIENTO LEGAL DE LA FIGURA DEL TRABAJADOR
AUTÓNOMO ECONÓMICAMENTE DEPENDIENTE EN ESPAÑA
Rosa María Morato García

DISCRIMINAÇÃO NAS RELAÇÕES DE TRABALHO POR MOTIVO DE
GÊNERO
Yara Maria Pereira Gurgel

O MINISTÉRIO CRISTÃO DO SACERDOTE CATÓLICO NO ÂMBITO DO
TRABALHO RELIGIOSO
Antônio Cavalcante da Costa Neto

A ARBITRAGEM APLICADA AOS CONTRATOS INDIVIDUAIS DE TRABALHO
NA ERA DA GLOBALIZAÇÃO
Humberto Lima de Lucena Filho

OS DESAFIOS DA EXECUÇÃO NA JUSTIÇA DO TRABALHO
Luciano Athayde Chaves

DIREITO E COMPLEXIDADE COMO MEDIAÇÃO DO CUIDADO
Ailton Siqueira de Sousa Fonseca

MONOGRAFIAS, TESES E PESQUISAS

COMO O JUDICIÁRIO TRABALHISTA POTIGUAR ENCARA A QUESTÃO
ACIDENTÁRIA?
Manuela de Medeiros Pinheiro, Anna Flávia da Silva, Raisa Lustosa de Oliveira,
Andressa Celly Nascimento de Carvalho e Tatiana Felipe Almeida

A FUNDAÇÃO CASA DO CAMINHO E SUA CONTRIBUIÇÃO NA FORMAÇÃO
DE UMA CULTURA DE PAZ, ONDE APRENDER A VIVER NUM MUNDO
PLURAL, MULTICULTURAL E GLOBAL É POSSÍVEL
Fábia Lúcia Alves de Lima Albuquerque

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DO HOMEM – A SUBJETIVIDADE
DO SER, AS RELAÇÕES DE PODER E A DIGNIDADE DO HOMEM
Edna Maria Saldanha Pontes Diniz

O DIREITO À INFORMAÇÃO JORNALÍSTICA: GARANTIAS CONSTITUCIONAIS
AO DIREITO DE SER INFORMADO NO SISTEMA BRASILEIRO
Veruska Sayonara de Góis
Fonte: Amatra 21
CULTURA E ARTE

A POESIA DE SILVIO CALDAS

NOTÍCIAS

JOÃO SALINAS RECEBE O PRÊMIO ESMAT CULTURA